X
WebParceria
Menu geral Informações do website E-mail(s) de destino dos formulários Dados do usuário Páginas (geral) Padrões de página Sliders Publicação de enquetes Fundo, cabeçalho e menus Rodapé Janela de boas-vindas Página suspensa Multimídia Gerenc. de cadastros Estatísticas Ferramentas Aplicativos Informativos

Quando as calorias vão para os preços

Alimentos diet e light são os mais caros do mercado

 

Hoje em dia, quando se procura uma alimentação sadia damos de cara com um problema que apavora grande parte da população: os preços. Normalmente consegue-se uma boa compra com economia se não tiver no carrinho nada light ou diet. Os preços chegam a alcançar um aumento de 65% em relação aos outros que consumíamos anteriormente a essa “moda” mais saudável. A vaidade e a procura do bem estar físico e mental fizeram crescer o interesse no mercado pela venda desses produtos inflacionando-os. Ainda que se procure um supermercado mais barato, economizaria -se muito pouco, pois todos querem essa fatia do mercado que cresce a cada ano e se torna, com frequência, um modo de vida. Não seria justo que se lutasse por isso. visto que nossas vidas dependem dessa boa alimentação? Até mesmo as classes sociais de menor renda já se entregaram a essa doce mania mas muitas vezes relutam em ter esse benefício devido aos altos preços. A saída, talvez, seria que o Ministério da Saúde intervisse e entendesse que, quase como um remédio, a alimentação é vital para o ser humano e criasse uma lei para que alimentos desse tipo fossem tabelados. Afinal, ser diet ou light para alguns é mesmo uma questão de sobrevivência.

Por Marisa Araujo

Compartilhe

DIGITAL DESTAQUE ! - 2021

Flag Counter